• Facebook
  • Twitter
  • Google+

Que Câimbra Terrível!!!

05 de fevereiro de 2014

Sabe aquela dor súbita e insuportável que surge do nada e começa a repuxar a sua perna, que vai ficando endurecida? Pois é, você teve uma câimbra.

Que-Câimbra-TerrívelQuando isso acontece, alguma parte do seu corpo fica toda contraída, como se tivesse dado um nó repentino. É assim que acontece: a câimbra é chata, repentina e leva alguns segundos para passar.

As câimbras podem ocorrer em mais de um músculo do corpo, mas a panturrilha é o local onde ocorre com mais frequência.

Em baixo dos seus lençóis, bem no meio da noite é quando ela costuma ocorrer. Você vai se espreguiçar e pronto: a panturrilha parece que vai arrebentar!

Geralmente, quando você se exercita demais, está mal condicionado ou mal alimentado pode ocorrer esta contração involuntária que é causada pelo excesso de atividade do músculo e pela falta de vitaminas e sais minerais importantes para os movimentos. Sim, quando seus músculos carecem de condições adequadas para realizar um esforço diferente do habitual, é espasmo na certa.

Outra causa das câimbras é o suor e a urina em excesso, pois a perda de sódio, por estes dois canais, pode ocasionar a contração muscular involuntária. Neste caso, para evitar um repuxão repentino na perna, a solução é se hidratar e muito, principalmente com bebidas isotônicas que contem sódio e sais minerais (caso não haja contra indicações do uso desses alimentos para você). A insuficiência renal e a hemodiálise também podem abaixar os níveis de sódio do organismo.

Infelizmente não existe um tratamento específico nem remédio para as câimbras. Mas o que você pode fazer é manter uma boa alimentação, com muitas frutas, legumes e verduras. Não se esquecendo de sempre ingerir líquidos, especialmente quando for suar a camisa e se manter bem condicionado fisicamente. A água de coco é uma boa pedida para a hidratação.

Quando você sentir a câimbra, uma dica é imediatamente alongar o local afetado para inibir a contração involuntária. Exercícios de alongamento e fortalecimento muscular melhoram a oxigenação local, o condicionamento e preparo muscular, assim dificilmente você vai sofrer novamente.

Procure realizar sempre exercícios de alongamento e mobilidade dos músculos afetados por câimbras, todos os dias. Se mesmo assim as contrações persistirem, procure um fisioterapeuta.
Vamos combinar: ninguém merece câimbras, não é mesmo?

Comentários