• Facebook
  • Twitter
  • Google+

Fisioterapia ajuda no Parkinson

23 de julho de 2014

Abril é mês de pensar no Parkinson e os cientistas estão acelerando a busca da cura além de procurar também soluções que forneçam maior qualidade de vida para aqueles que possuem a doença.

parkinsonJá comprovada pelas pesquisas, a fisioterapia é uma eficiente aliada das pessoas que possuem o diagnóstico de Parkinson.

Aliados ao tratamento medicamentoso, os exercícios fisioterapêuticos são fundamentais para os parkinsonianos, pois ajudam muito na diminuição dos problemas motores causados pela doença. Com a prática regular de exercícios físicos orientados, os pacientes podem até conseguir retardar o aparecimento de vários sintomas parkinsonianos, principalmente os chamados tremores de repouso.

Quedas frequentes, fraqueza muscular nos braços e nas pernas, dificuldade com o equilíbrio, com a força e a com coordenação motora. Tudo isso pode ser amenizado, e muito, com o treino de marcha com o uso de obstáculos, sobre o solo instável e com mudanças de posição. O trabalho de fortalecimento muscular dos glúteos, coxas e pernas também estimulam os reflexos e melhoram o equilíbrio do parkinsoniano.

Com a prática regular de exercícios físicos orientados, os pacientes podem até conseguir retardar o aparecimento de vários sintomas parkinsonianos, principalmente os chamados tremores de repouso.

A postura fletida é comum nos casos de Parkinson,  pois o déficit de equilíbrio que a doença causa acaba gerando desalinhamento e rigidez no tronco que inclina e perde a flexibilidade.  Por isso, o treinamento de boa postura e o relaxamento da musculatura encurtada, facilitam os movimentos comuns do dia a dia e auxiliam na retirada da tensão corporal.

Para melhorar a condição dos pulmões e da respiração, a fisioterapia propõe exercícios respiratórios e também práticas que vão auxiliar a deglutição dos alimentos, outra habilidade que fica prejudicada no Parkinson.

Parkinson e fisioterapia: enquanto a cura não vem, dá pra viver muito bem.

Comentários