• Facebook
  • Twitter
  • Google+

Instabilidade da Coluna Vertebral

24 de novembro de 2016

1124_gisele-blasioli_fisioteradica_instabilidade-da-coluna-vertebral-siteA coluna vertebral tem como função oferecer sustentação ao corpo, dar movimento aos braços e pernas e também proteger a medula espinhal, por isso é importante mantê-la estável. A estabilidade do complexo da coluna vertebral garante o equilíbrio fisiológico das estruturas locais, evitando assim possíveis lesões ou incômodos.

Como a coluna vertebral se mantém estável?

Para um controle apropriado da estabilidade vertebral é necessário o funcionamento de forma integrada entre os sistemas: articular, neural e muscular, ou seja, dependem da integridade e funcionalidade adequada das vértebras, ligamentos, discos intervertebrais, músculos, tendões, articulações e nervos. Sempre que houver uma alteração fisiológica em qualquer uma destas estruturas, a estabilidade vertebral pode ser comprometida, gerando sobrecargas em outras estruturas e possíveis lesões.

O que pode causar a instabilidade vertebral?

Vários são os fatores que podem levar a instabilidade vertebral. O próprio envelhecimento corporal causa uma modificação anatômica nas vertebras e discos que alteram a mecânica articular, prejudicando a estabilidade vertebral.

Veja abaixo algumas causas:

1124_gisele-blasioli_fisioteradica_instabilidade-da-coluna-vertebral-site_02-degeneracao-discalDegeneração discal

o disco intervertebral quando se torna doente e vai se degenerando, perde sua capacidade de hidratação e diminui sua altura, tendendo a abaular. Isso afeta os ligamentos que terão que fazer mais força para estabilizar o local e se tornam mais espessos, perdendo elasticidade. Esta diminuição da altura discal faz também com que as facetas articulares se desloquem, alterando seu alinhamento normal. O deslizamento normal das facetas articulares gera carga excessiva sobre estas articulações induzindo ao crescimento de osteófitos (bicos de papagaio).

 

1124_gisele-blasioli_fisioteradica_instabilidade-da-coluna-vertebral-site_03-lombalgiaLombalgia

uma simples dor lombar também afeta a estabilidade da coluna vertebral. A pessoa com dor lombar protege e restringe os movimentos da coluna, alterando o padrão normal de mobilidade e de postura. Com isso, músculos vão ser sobrecarregados e vão ficar tensos, e outros músculos vão se tornar fracos, gerando uma instabilidade muscular.

 

Desequilíbrio Muscular

1124_gisele-blasioli_fisioteradica_instabilidade-da-coluna-vertebral-site_04-desequilibrio-muscularO desequilíbrio muscular entre os extensores e os flexores da coluna vertebral é uma das principais causas da instabilidade da coluna lombar.

 

Fraqueza do Músculo Multifídeo

Este músculo é o principal estabilizador da coluna lombar e sempre sofre alterações quando há uma lesão nesta região. Por isso é importante nos programas de reabilitação o fortalecimento deste músculo.

 

Outras causas

Hérnia de disco, pós-operatório de cirurgia da coluna, traumas, alterações posturais como escoliose ou Hipercifose, etc…

Sinais e sintomas da instabilidade vertebral

Os sintomas iniciam com um desconforto na coluna vertebral, na região instável (podendo ser cervical dorsal ou lombar), e com o passar dos dias a coluna se torna vulnerável aos movimentos e a dor piora quando a pessoa permanece por muito tempo em uma posição.
Os sinais clínicos podem ser difíceis de esclarecer, especialmente se a amplitude de movimentos geral da coluna for normal, apesar de certas vezes ser possível se encontrar alguma perda na amplitude esperada de flexão ou extensão.

Tratamento da instabilidade vertebral

Melhorar a estabilidade vertebral identificando as possíveis causas, amenizando a dor e devolvendo o equilíbrio muscular, articular e neural.

Fisioterapia + terapia manual + Pilates – os 3 tratamentos que juntos vão devolver a estabilidade da coluna vertebral.
O Pilates no tratamento da instabilidade vertebral tem seu destaque devido ao fortalecimento de uma musculatura que é essencial para a proteção da coluna, composta por músculos estabilizadores. São eles: o transverso do abdômen e o multífido lombar.

É fundamental que a escolha dos exercícios seja criteriosa para cada paciente. Para isso, o profissional que vai receber o paciente com dor no estúdio de Pilates deve ter conhecimento para determinar quais exercícios são mais indicados a partir de uma avaliação, evitando o risco de novas lesões ou a piora do quadro de dor.

Um programa de reabilitação da coluna vertebral deve ser iniciado com o protocolo que inclui exercícios de estabilização vertebral, mobilização articular, alongamentos e fortalecimentos específicos para melhorar os sintomas, melhorar a condição articular e evitar a inflamação local.

 

Para saber sobre terapia da coluna clique aqui 

A Clínica de Fisioterapia Gisele Blasioli atua na prevenção e tratamento de disfunções musculoesqueléticas que afetam os ossos, músculos, tendões, ligamentos e articulações. Utiliza os recursos terapêuticos para aumentar a capacidade de movimentação, estimular a circulação e diminuir as dores. Reabilita com exercícios terapêuticos que devolvem a mobilidade corporal, fortalecendo os musculos melhorando a estabilidade articular.

A fisioterapia atua nas mais diferentes áreas com procedimentos, técnicas, metodologias e abordagens específicas que têm o objetivo de avaliar, tratar, minimizar problemas, prevenir e curar as mais variadas disfunções. Além disto, a complexidade da profissão reside na necessidade do entendimento global do ser humano.

Estas são as Dicas de Fisioterapia – Fisioteradicas! Não se esqueça de Curtir nossa página no Facebook para não perder nenhuma Fisioteradica!

Gisele Blasioli

Crefito 32610 (saiba mais)

 

Comentários